Historicidade da infância no Brasil

Eliseudo Salvino Gomes, José Costa Filho

Resumen


O presente artigo tem a finalidade de discutir diferentes concepções de infância; procurando entender o seu relacionamento na sociedade medieval, avaliando a sua imagem como «o jardim de infância» precocemente inserida no mercado de trabalho. Entretanto, o seu objetivo primordial é apresentar uma breve análise da história da Infância brasileira, considerando o seu conceito de infância, bem como os aspectos da exploração do trabalho infantil, do abuso e exploração sexual infantil e da educação infantil. Destacam-se ademais as influências culturais-econômicas-históricas que podem ser observadas ao longo da estruturação do campo de estudo da Psicologia da Infância e do Direito.


Palabras clave


Infância; Sociedade Medieval; Modernidade; História Social da Infância

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Abreu, M. (Org.) (2000). Meninas Perdidas. In: Priore, M. História das Crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, pp. 289-316.

Afonso, J. da Silva (2006). Comentário Contextual à Constituição. 3ª. ed. São Paulo: Malheiros.

Almeida, A. P. de (2011). CLT Comentada. 9ª. ed. São Paulo: Saraiva.

Ariès, P. (1978). A História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Guanabara.

Bastos, M. (2001). Jardim de Crianças: o pioneirismo do Dr. Menezes Vieira (1875-1887). In: MONARCHA, Carlos (Org.). Educação da infância brasileira (1875-1983). São Paulo: Autores Associados.

Brasil (1990). Estatuto da Criança e do Adolescente. Brasília: CBIA.

_______. (1996). Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996.

Brasil. Lei n. 12.696, de 25 de julho de 2012. Altera os arts. 132, 134, 135 e 139 da Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), para dispor sobre os Conselhos Tutelares. Diário Oficial da União, Brasília, 26 de julho de 2012.

_______. Lei n. 12.015, de 25 de julho de 2012. Altera o Título VI da Parte Especial do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal, e o art. 1o da Lei no 8.072, de 25 de julho de 1990, que dispõe sobre os crimes hediondos, nos termos do inciso XLIII do art. 5o da Constituição Federal e revoga a Lei no 2.252, de 1o de julho de 1954, que trata de corrupção de menores. Diário Oficial da União, Brasília, 10 de agosto de 2009.

_______. Medida Provisória n. 586, de 8 de novembro de 2012. Dispõe sobre o apoio técnico e financeiro da União aos entes federados no âmbito do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 9 de novembro de 2012.

_______. Emenda Constitucional n. 59, de 11 de novembro de 2009. Acrescenta § 3º ao art. 76 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias para reduzir, anualmente, a partir do exercício de 2009, o percentual da Desvinculação das Receitas da União incidente sobre os recursos destinados à manutenção e desenvolvimento do ensino de que trata o art. 212 da Constituição Federal, dá nova redação aos incisos I e VII do art. 208, de forma a prever a obrigatoriedade do ensino de quatro a dezessete anos e ampliar a abrangência dos programas suplementares para todas as etapas da educação básica, e dá nova redação ao § 4º do art. 211 e ao § 3º do art. 212 e ao caput do art. 214, com a inserção neste dispositivo de inciso VI. Diário Oficial da União, Brasília, 12 de novembro de 2009.

_______. Decreto n. 6.286, de 5 de dezembro de 2007. Institui o Programa Saúde na Escola - PSE, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 6 de dezembro de 2007.

_______. Lei n. 11.180, de 23 de setembro de 2005. Institui o Projeto Escola de Fábrica, autoriza a concessão de bolsas de permanência a estudantes beneficiários do Programa Universidade para Todos – PROUNI, institui o Programa de Educação Tutorial – PET, altera a Lei no 5.537, de 21 de novembro de 1968, e a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 26 de setembro de 2005.

_______. Lei n. 10.835, de 8 de janeiro de 2004. Institui a renda básica de cidadania e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 9 de janeiro de 2004.

_______. Lei n. 10.836, de 9 de janeiro de 2004. Cria o Programa Bolsa Família e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 12 de janeiro de 2004.

_______. Decreto n. 5.007, de 8 de março de 2004. Promulga o Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança referente à venda de crianças, à prostituição infantil e à pornografia infantil. Diário Oficial da União, Brasília, 11 de outubro de 1979.

_______. Lei n. 10.689, de 13 de junho de 2003. Cria o Programa Nacional de Acesso à Alimentação – PNAA. Diário Oficial da União, Brasília, 16 de junho de 2003.

_______. Lei n. 10.219, de 11 de abril de 2001. Cria o Programa Nacional de Renda Mínima vinculada à educação - «Bolsa Escola», e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 12 de abril de 2001.

_______. Medida Provisória n. 2.206-1, de 6 de setembro de 2001. Cria o Programa Bolsa Família e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 10 de setembro de 2001.

_______. Lei n. 9.394, de 21 de novembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de dezembro de 1996.

_______. Lei n. 8069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 16 de julho de 1990 e retificada em 27 de setembro de 1990.

_______. Decreto n. 99.710, de 21 de novembro de 1990. Promulga a Convenção sobre os Direitos da Criança. Diário Oficial da União, Brasília, 9 de janeiro de 2004.

_______. Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988. Diário Oficial da União, Brasília 05 de outubro de 1988.

_______. Lei n. 6.697, de 10 de outubro de 1979. Institui o Código de Menores. Diário Oficial da União, Brasília, 11 de outubro de 1979.

_______. Lei n. 1060, de 5 de fevereiro de 1950. Estabelece normas para a concessão de assistência judiciária aos necessitados. Diário Oficial da União, Brasília, 13 de fevereiro de 1950.

_______. Decreto-Lei n. 5.452, de 1º de maio de 1943. Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. Diário Oficial da União, Brasília, 9 de agosto de 1943.

_______. Decreto-Lei n. 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Diário Oficial da União, Brasília, 31 de dezembro de 1940.

Capez, F. (2003). Curso de Direito Penal. Vol. I. 6ª. ed. São Paulo: Saraiva.

Cury, M. (Coord) (2005). Estatuto da Criança e do Adolescente Comentado. 7ª. ed. São Paulo: Malheiros.

Custódio, A.; Veronese, J. (2007). Trabalho Infantil: a negação do ser criança e adolescente no Brasil. Florianópolis: OAB/SC Editora.

Dahlberg, G.; Moss, P; Pence, A. (2003). Qualidade na educação da primeira infância: perspectivas pós-modernas. Porto Alegre: Artmed.

Gabinete de Documentação de Direito Comparados. Declaração Universal dos Direitos da Criança de 1959. Disponível em: . Acesso em 12 de fev. 2013.

Fundo das Nações Unidas para a Infância - UNICEF. Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança de 1989. Disponível em: . Acesso em 14 fev. de 2013.

Heywood, C. (2004). Uma história da infância. Porto Alegre: Artmed.

Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas – IPEA. Estadão Online: Mais da Metade dos Alunos do 9º. Ano Querem Trabalhar e Estudar. Disponível em: . Acesso em 15 de fev. de 2013.

Instituto Brasileiro de Geografia Estatística – IBGE. Censo 2010 – Indicadores Sociais Municipais: uma análise dos resultados do universo do Censo Demográfico. Tabela 31 - Disponível em: . Acesso em 09 de fev. 2013.

_______. IBGE. Censo 2010 - Tabela18 - Taxa de analfabetismo das pessoas de 10 a 17 anos de idade, segundo os municípios pertencentes à região do Semiárido brasileiro - 2010. Disponível em: . Acesso em 03 de fev. 2013.

_______. IBGE. Síntese de Indicadores Sociais. Disponível em: . Acesso em 04 de fev. 2013.

_______ (2007). Código Penal Comentado. 7ª. ed. São Paulo: RT.

Khulmann Jr., M. (1998). Infância e educação infantil – uma abordagem histórica. Porto Alegre: Mediação.

Moura, E. (2000). Crianças operárias na recém-industrializada São Paulo. In: PRIORE, M. (Org.). História das crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, pp. 259-286.

Ministério da Justiça - Portal do Cidadão. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Disponível em: . Acesso em 17 de fev. 2013.

Ministério do Trabalho e Emprego - MTE. Plano de Prevenção do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente. Disponível em: . Acesso em 05 de fev. de 2013.

_______. Quadro Geral das Operações de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo – Sit/Srte 1995-2012. Disponível em: . Acesso em 06 de fev. de 2013.

_______. Mapas de Indicativos do Trabalho da Criança e do Adolescente.

Disponível em: . Acesso em 30 de jan. de 2013.

Nucci, G. (2007). Código Penal Comentado. 7ª ed. São Paulo: RT.

Nucci, G. (2010). Código Penal Comentado. 10ª. ed. São Paulo: RT.

Organização Internacional do Trabalho – OIT – Escritório no Brasil. Convenções Ratificadas pelo Brasil. Disponível em: . Acesso em 08 de fev. de 2013.

Priore, M. Del (Org.) (1999). História das crianças no Brasil. São Paulo: Contexto.

Ramos, F. P. (2000). A história trágico-marítima das crianças nas embarcações portuguesas do século XVI. In: PRIORE, M. (Org.). História das Crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, pp. 19-54.

Rizzini, I. (2000). Pequenos trabalhadores do Brasil. In: PRIORE, M. (Org.). História das Crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, pp. 376-406.

Rousseau, Jean-Jacques (1995). Emílio, ou Da educação. Tradução de Elia Ferreira Edel. 3ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Scliar, M. (1995). Um país chamado infância. São Paulo: Ática.

Sociedade Brasileira de Defesa da Criança e do Adolescente; Forum Nacional da Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (2011). CADÊ? Crianças e Adolescentes em Dados e Estatísticas. Brasília: FNDCA.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




ISSN: 1989-9289

DOI prefix: http://dx.doi.org/10.14516/fdp